A Xuxa e o Twitter

O que vou escrever aqui não é novidade, pois não tenho interesse em ser o primeiro a postar o que acontece na Web. Mas acho interessante analisar sob uma perspectiva “cibernética” os fatos atuais.

A Xuxa, assim como qualquer outra celebridade, está indo na onda de usar o Twitter. Algumas conseguem usar bem, para se promover, como o Ashton Kutcher, que tirou uma foto da bunda de sua esposa, a Demi Moore, e disponibilizou no Twitter para todos verem.

O problema é que os famosos brasileiros estão indo na onda achando que tudo é fantasia. E a Xuxa se deu mal, cometendo gafes terríveis e sendo atacada de todas as formas por seus seguidores, como podemos ver na postagem “A desastrada aventura da Xuxa no Twitter“.

O problema na verdade não é usar mal o twitter, nem cometer erro de português, nem escrever em caps lock, que no mundo da internet, representa grito. O problema é entender que o twitter é uma extensão do homem ciborgue, e que não é mais uma ferramenta de mídia unidirecional.

Por isso, pela falta de entendimento do papel da tecnologia em nossas vídas, podem acontecer problemas como o da professora que foi demitida dançando “Todo enfiado”, o do Danilo Gentili com piadas racistas e o caso da reação absurda da Xuxa diante de seus fãs, a ponto de quase xingar as pessoas publicamente.

A verdade parece ser que, pensar em voz alta não é para qualquer pessoa. É preciso ter cuidado, ou ser sempre ético (no sentido aristotélico mesmo da palavra).

Algumas frases interessantes surgiram após o evento Xuxa e o Twitter, como a frase abaixo:

Celebridades no Twitter tornaram possível um sonho de infância: xingar a TV. E ser ouvido. Obrigado Internets.”

O que falta mesmo nisso tudo é educação digital. É preciso fazer um movimento de inclusão digital para os famosos e celebridades.

Mas tem gente que sabe do poder das tecnologias e se aproveita disso. Não sei se de uma forma positiva ou negativa… mas… enfim, vejam o vídeo abaixo do defensor da xuxa, que disse que “Mexeu com a Xuxa, mexeu comigo!!”:

Be Sociable, Share!

Você poderá gostar também:



Deixe seu comentário